26 abril 2007

sempre Rosa

A vida inventa! A gente principia as coisas, no não saber por que, e desde aí perde o poder de continuação – porque a vida é mutirão de todos, por todos remexida e temperada.
JOÃO GUIMARÃES ROSA, Grande Sertão: Veredas

Rosa, descobrindo veredas, em foto publicada no site do Projeto Manuelzão, que vale a pena ser visitado.

mais Rosa aqui e aqui


4 comentários:

Magna disse...

Teu título é muito meu, sabia?
Pra quem retorna ao trabalho minucioso e apaixonado da obra roseana, este post soa muito bem, Sr. Soar! Esta semana foi particularmente um belo convite ao assustador "sempre"!

Ercy disse...

de alguma forma, inspirei-me e lembrei-me de vc qdo fiz este post. vc tem toda razão.

Magna disse...

Obrigada, querido!
Um beijo!

Luma disse...

Maravilhoso o post.