21 fevereiro 2007

Em tempos de neutralização

A fonte é o Greenpeace. Clique na imagem para ver como está hoje!

"Neutralização" é o novo termo politicamente correto que se refere à iniciativa de plantar um número de árvores suficiente para absorver a emissão de CO2 na atmosfera, causada por um determinado evento. Por exemplo, uma viagem aérea SP-NY, ida e volta, necessitaria do plantio de 1.000 árvores para compensar a poluição (não vai ser fácil!!!). Há uma matéria na Veja desta semana sobre o assunto.
É assim que pessoas e empresas estão buscando aplacar a culpa (veja post abaixo) pela respectiva parcela de responsabilidade no desastre que já se prenuncia para todos nós.

3 comentários:

gab disse...

o assunto é importante ao mesmo tempo que não podemos voltar ao atrazo...quem sabe viajar somente atravez de desmaterialização pode ser a soluseichon!

Aluizio Amorim disse...

Essa história de efeito estufa vai render muito dinheiro para os ambientalistas. Pesquisas recentes mostram que as florestas - sim as florestas - são responsáveis por emissões de metano. O fundo dos mares está repleto de metano que explode em bolhas e sobe para atmosfera, sendo que apenas 1% agrega-se à água. Grandes catastrofes já ocorreram no planeta muito antes da industrialização. Portanto, há um alarmismo que interessa aos ambientalistas profissionais que ganham dinheiro com isso. Além do mais não vejo nenhum sentido na preocupação com o futuro do planeta, como aliás não vejo também nenhum sentido na existência. Para mim toda essa discussão não passa de uma tremenda bobagem...hehehe

aluizio amorim
http://oquepensaaluizio.zip.net

Ercy disse...

Aluizio,
vejo q vc se encontra em sua melhor forma!!! hehe
Abraço.